Header Ads

Permissões 755 para pastas e 644 para arquivos de modo recursivo

Quando criamos alguma aplicação seja ela um script , programa ou site, é comum iniciarmos com permissão total 777 em ambiente de desenvolvimento e teste iniciais, porém se a aplicação for hospedada online é provável que o provedor do serviço não aceite este mesmo nível de acesso
é o caso do hostagtor e provavelmente muitos outros provedores, alguns oferecem a opção de alteração recursiva, já outros não. É nesse momento que podemos utilizar uma incrível ferramenta do universo Linux, Ô Shell e sua infinitas possibilidades.
Em nosso caso utilizaremos o comando find aliado a opção -exec, assim evitamos a triste tarefa de alteração manual de centenas de diretórios ( pastas ).

Pois bem, para ajustar a permissão de arquivos de acordo com as normas de nosso servidor/provedor faremos da seguinte forma.
find diretorio-da-aplicação -type f -exec chmod 644 {} \;

E para ajustar o nivel de permissão dos diretórios executamos o seguinte comando;
find diretorio-da-aplicação -type d -exec chmod 755 {} \;

Cada objeto encontrado pelo comando find dentro do diretorio-da-aplicação terá sua permissão alterada de acordo a flag -type fpara arquivos files e -type d para diretórios.
Os comandos chmod 644 ou chmod 755serão executados sempre que necessário através da opção -exec.

Agora podemos compactar e enviá-lo ao nosso servidor.

Caso tenha interesse pela compactação via terminal é simples, veja o exemplo abaixo;
cd pasta-da-minha-aplicacao/  ;  zip -r minha-aplicacao.zip  
O que fizemos aqui foi entrar no diretório pasta-da-minha-aplicacao e com o ; executamos o comando
zip -r minha-aplicacao.zip logo em seguida.

Ao realizar a compactação dentro do diretório, copiamos somente os subdiretórios que nos interessam.
Algo simples porém deixa o arquivo zipado mais organizado.

Até a próxima.

-
Este blog é mantido por publicidade do Adsense, nós também prezamos pela experiência do usuário ao consumir nosso conteúdo, por isso deixamos esses anúncios o menos invasivo possível, e se de alguma forma o nosso conteúdo lhe foi útil, retribua clicando em um banner de seu interess.
Desde já agradecemos.

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.